Essa Lanterna Militar Deveria ser Proibida?

Com o barateamento dos LEDs brancos, uma nova era para as lanternas está surgindo, com o desaparecimento das tradicionais lanternas que fazem uso de lâmpadas incandescentes. As vantagens dos LEDs são enormes e neste artigo discutimos o porque do leitor dar preferência a este tipo delant lanterna, tanto nas aplicações de emergência como em outras. Lanterna de LEDs: você precisa ter uma!

As lanternas alimentadas por pilhas são equipamentos indispensáveis em uma infinidade de situações. Em casa para fazer frente a apagões e eventuais explorações em locais não dotados de iluminação (sótãos, armários embutidos, etc.), como no carro, no camping ou na empresa. Até há pouco tempo a solução mais simples para uma lanterna alimentada por pilhas ou bateria era a que fazia uso das lâmpadas incandescentes. De baixo custo, estes pequenos dispositivos podem ser até hoje encontrados praticamente em qualquer lugar para uma eventual reposição. Os tipos mais comuns são os mostrados na figura 1.

Estas lâmpadas podem ser encontradas em tipos com tensões de funcionamento de 1,5 V (pingo d’água até 12 V) o que significa de 1 a 8 pilhas comuns.

No entanto, estas lâmpadas têm uma série de características que fazem com que elas levem  grande desvantagem quando comparadas aos LEDs comuns.

Além de frágeis e com durabilidade limitada, as lâmpadas produzem luz pelo aquecimento de um filamento, num processo de muito baixo rendimento. De fato, apenas de 15 a 25% da energia gasta pela lâmpada se converte em luz. O restante se converte em calor.

Isso significa que as lâmpadas desperdiçam energia das pilhas e para conseguirem boa quantidade de luz precisam de muita corrente, drenando assim rapidamente a energia das pilhas. Os LEDs são diferentes.

Com o advento dos LEDs brancos a um preço muito baixo, seu uso em lanternas começa a se difundir com muitas vantagens em relação à lâmpadas comuns. Lanternas com um a diversos LEDs já começam a estar disponíveis nas lojas e com um preço que começa a se tornar compensador se considerarmos as vantagens que elas apresentam em relação às lanternas que fazem uso de lâmpadas.

 

Os LEDs brancos na verdade são formados por três chips que produzindo luz de cores básicas (RGB – vermelho, verde e azul), as combina para obter a luz branca. O rendimento destes LEDs é muito alto, já que mais de 90% da energia é convertida em luz. Isso significa que, com menos de 1/3 do consumo de uma lâmpada comum eles produzem a mesma quantidade de luz. Uma pilha que dure 4 horas numa lanterna com lâmpada, durará 12 horas numa lanterna de LEDs que tenha a mesma potência luminosa.

Outra vantagem dos LEDs está na sua durabilidade e fragilidade. Os LEDs são mais robustos e duram mais além de serem menores. Isso torna uma lanterna de LEDs vantajosa em relação a uma lanterna comum com lâmpada.

Para escolher a lanterna ideal você deve levar em conta alguns fatores importantes.

 

a)Tipo de uso

Se você precisa da lanterna apenas em situações de emergência sem muita potência, utilizando-a por curtos intervalos de tempo, os tipos que fazem uso de pilhas botão ou AAA servem. Estas pilhas por terem menor capacidade de corrente, terão uma durabilidade relativamente pequena nestas lanternas, podendo variar entre 1 hora a 5 horas dependendo da potência. Se você precisa de uma lanterna que fique maiores períodos de tempo ligada, fornecendo mais luz, deve optar pelas que fazem uso de pilhas AA, C ou D (pequenas, médias ou grandes). Quanto maior a pilha maior é sua capacidade de fornecer energia por mais tempo. Uma lanterna que fique por muito tempo ligada e que precise fornecer boa quantidade de luz deve usar pilhas médias ou grandes.

 

b)Tamanho e formato.

Para carregar no bolso, apenas para as situações de emergência uma pequena lanterna alimentada por pilhas botão ou AAA é suficiente, Mas para ter em casa ou no carro, ou ainda como ferramenta de trabalho, deve-se optar por uma lanterna que use pilhas maiores. O formato também vai depender da aplicações existindo opções interessantes como a da figura 3.

c)Preço x benefício

Analise muito bem quanto você vai usar de sua lanterna e o seu preço, escolhendo aquela que, por um preço justo lhe atenda em suas necessidades. Não adianta investir numa lanterna cara que você utilizar poucas vezes;

 

Conclusão

As vantagens das lanternas de LEDs são patentes. Mais luz, por mais tempo e por menor custo são as principais, mas além dessas existem muitas outras como a disponibilidade de tipos que alternam as cores dos LEDs podendo funcionar como sinalizadores emitindo luz vermelha e até com circuitos que as fazem piscar de modo intermitente. A escolha depende da aplicação.